terça-feira, 3 de dezembro de 2013

A CURA DO BB

           
                Ary Brasil Marques
   
 Jesus Cristo, em sua passagem pelo planeta Terra, curou muita gente. Cegos enxergaram, paraplégicos andaram, leprosos ficaram limpos e curados, hemorragias estancaram.
    A cura, no entanto, não aconteceu para todos que o procuraram.
    Nos dias de hoje, em circunstâncias diferentes, a cura acontece. Ela surge como resultado de cirurgias ou de medicamentos aplicados na medicina, bem como por aquilo que os homens chamam de milagre nas igrejas, nos centros espíritas, nos impulsos da fé das mais diferentes religiões ou seitas, e com o uso de raízes ou de plantas.
    O interessante é que os mesmos meios aplicados em pessoas diferentes tem resultado diferente, uns se curam e outros não.
    Na análise que se pode fazer sobre isso, verificamos que existem uma série de fatores que tornam possível a cura para algumas pessoas e não funcionam para outros.
    Um dos fatores é a fé. Nesse caso, a fé tem que ser ampla e incondicional, e ela certamente remove montanhas. Muita gente tem vencido males incuráveis com o uso de uma fé imensa, capaz de vencer a doença e a dor.
    Outro fator importante é o mérito. A prática do amor e da caridade dá à pessoa um crédito imenso que tem a propriedade de carrear para si a ajuda de forças espirituais de poder tão grande que, algumas vezes, faz curas milagrosas.
    Todos nós estamos sujeitos, na vida terrena, a receber de volta aquilo que plantamos nesta ou em vidas anteriores. Tudo está sujeito à Lei de Causa e Efeito, e uma pessoa só termina o seu momento de dor após ter quitado o seu débito com a lei. Esse fato, antes de ser um castigo divino, é a oportunidade que Deus nos dá de crescermos e de vencer as nossas imperfeições. Dessa forma, aqueles que já estão quites com a lei, possuem o alvará para obter a cura de seus males.
    Em casos especiais, a critério do plano superior, é possível que o indivíduo tenha uma moratória, vendo ampliado seu tempo de vida no planeta, para poder realizar ou completar uma missão importante, sendo assim possível que obtenha a cura.
    Como fator importante em qualquer cura, é necessário que se limpe o coração de mágoas e se perdoe aos outros e a si mesmo.
    O importante é curar o espírito, pois estamos todos provisoriamente matriculados na escola terrena e o espírito imortal alcançará um dia a perfeição, o que certamente lhe dará a cura definitiva.
SBC, 24/10/2010. 

CAPA DO LIVRO

video




























Biblia e harpa crista formato bolso ziper e indice digital capa em box preta











EVANGELHO NO LAR





































\






Monumento a Ramos de Azevedo na EPUSP


2012






































SPEED RACER ANOS 80






A Apresentação do livro BB basta clicar em Postagens antigas...abaixo...
Postar um comentário