sexta-feira, 23 de julho de 2010

Vida & Psicologia


Vida & Psicologia. Já teve solidão ou vergonha? Motivo? O que isto significa? O que é o bloqueio ou orgulho psicológico ou ego? (diferentes? para os universitários, psicólogos, e doutores...). A alegria é melhor que a tristeza? Por quê? Dê exemplos... Pode a tristeza ou melancolia ser superior a alegria no contexto espiritual? São relativos tb? O que é fantasia ou fantástico? O que é livre arbítrio e liberdade e independência existencial? O que é subconsciente e inconsciente? Se comunicam? O que fazer e deixar de fazer? Qual a diferença entre a priori e a posteriori? Como funciona a experiência, e o método tentativa-erro? Existe sorte? (qual tipo?). O medo é ruim mesmo? (aos psicólogos). Medo ou trauma é um susto ou uma advertência? E existência? Qual a origem da sexualidade? Órgão, pensamento, ou espiritual? O que é interpenetração de papéis ou funções? (aos doutores e psicólogos). Qdo começa o threshold (limiar)? De quê? O que acontece? Por que os psicólogos são ainda mal vistos? (aos doutores). Eles aconselham, predizem, apontam, e curão? Por que muitos casamentos são entre engenheiros e psicólogas? (problemas, soluções, ou troca de experiências?). Por que os psicólogos não publicam uma tese de suas infelicidades, desaventuras, e erros, por assim dizer, uma auto-análise profissional média, do arquétipo de sua classe, inclusive sexual, e até o conceito de provocação, sucesso e desafio, se é que não existe esta tese no Brasil? (O autor eclético solicita a Dra. Marta Suplicy para entrar nesta discussão, sem se humilhar, e sem humilhar é claro!!). Seu ex-marido já foi ao fono, e o Supla é homo, hetero ou bi? Por que esconder para alguns? Por que os psicólogos estão ainda muito longe de assumir grandes postos de comando em Política? (resposta plausível, mas ainda vale, Tb para a Srta Suplicy). Por que a religião ainda é vulnerável dentro da pscicologia? Qual a diferênça entre o fixo e o imutável? O que significa livre-arbitrio? Como ele age? (para os universitários e doutores). Por que para uns é gde e outros pequeno? Qual a diferença entre livre arbítrio e independência? Qual a diferença entre felicidade e sabedoria? (diferentes? para os universitários e doutores...). O que é imperfeição, afinidade moral, e intimidade (e até o conceito de AM - Apoio Moral ou Afinidade Moral)? E quem escreve e fala “errado”?. É mais “errado” de quem escreve “certo”? Existe o fenômeno Cebolinha, do Mauricio de Souza? E os catedráticos, como se encaixam? E o feio no bonito, e vice-versa, existe? Gde mito ainda? Qual o mito do super-herói? E do anão? Todos nós temos um pouco de anão? Por que? (como entra nesta definição? para os universitários e doutores...). Quantos % dos homens tem o complexo de anão espiritual? O que é isto? O que ser normal, e anormal, relativos? E o glamouroso e o pífio? (O que dizer?!). O que é humilhação, protesto e revolta, arrependimento no bom sentido? O que é complexo de decência e dignidade? O que é ser paciente? É o oposto de hiperatividade? (aos psicólogos e psiquiatras). Qual o melhor? Exemplos de objetos que se encaixam são parafuso e rosca, e Ñ e fechadura? E no imaginário ou ID? O que é psicodelia? E exótico? É o oposto de simplicidade? O que se pensa antes de dormir? O que é alimentação ou emulação psíquica? E presente ou satisfação psíquica? O que é pudor? O pudor ou vergonha é um entrave psíquico ou um sinal de proteção ou um sinal de segurança psicológica? O que é frescura, na linguagem teen? O que é insegurança, e determinação? Como um livro se torna best-seller? O que é amor, e sentimentalismo? Há vários tipos? O que é paixão, amor, e simpatia? (aos psicólogos). Qual a diferença entre amor e prazer? Sexo e pornografia (sexo virtual), e virgindade na adolescência: tabu ou devaneios precipitados? Qual a origem do sexo? Orgão, cérebro ou mente? Sexo D+ e D-: como manter o equilíbrio e o sociável? Depois do prazer vem a recaída e a dor? Qual a diferença entre obsessão e “nóia”? (Aos psiquiatras). E a teoria da idéias inatas que vem às crianças? Existe o conceito de PM no ser humano – Patrimônio Moral – aquela que explicaria as diferenças entre a qualidade de vida dos seres humanos, não só de inteligênica, mas tb de saúde física e mental? Qual a diferença entre RO (Receber Ordem) e TC (Tomar Conhecimento)? É problema que espia ou “xereta” demais os outros? É verdade que nossoa atos dia a dia “vendem” uma imagem, ou que a natureza é mensurável? Qual a diferença entre antigo, fora de moda e tradição? É importante te-los? E se perdem tão fácil assim? Coragem e medo têm a ver com possessão e submissão? Qual a diferença entre querer aparecer, se expor muito e se manter escondido? Qual a diferença entre ser recatado (introvertido) e extravagante (extrovertido)? E se precaver e se adaptar? E ousadia e parcimônia? A virtude (bem) vale mais que a malediciência? E estes comportamentos trazem saúde e doença? Qual a diferença entre espontâneo e forçado? O que a diferença entre arquétipos ou subconsciente coletivo e IP (Imaginário Popular). O que é segurança psicológica? O homem controla sua vida ou é controlado, ou meio a meio, como? Por que o estado psíquico do homem muda lentamente com o tempo? Quer dizer que há uma inércia psicológica em nós, por nós, ligada a semelhantes e a adversários? Qual a diferença entre um defeito do comportamento e o desiquilibro de um ato? E o mito do gênio, de si, por outro, ou dádiva? Qual a diferença entre os devaneios ou fantasias do homem “médio” e da mulher “média”? O que é tentação? O que é retificar ou limitar um comportamento? Frase para a toda a vida adulta: Teens – Já tomaram juízo? E, me conte, que gosto tem? Já cheiraram coca...tem o mesmo cheiro da pepsi.


Postar um comentário